O QUE FAZER EM BUENOS AIRES? ROTEIRO DE 6 DIAS

Atualizado em Maio , 2020

Planetário Galileu Galilei - Palermo-roteiro de buenos aires
Planetário Galileu Galilei – Palermo

Sem dúvida, Buenos Aires é um dos destinos mais cobiçado por nós brasileiros. Uma cidade com uma arquitetura impressionante, parques e praças de tirar o fôlego, excelentes cafés e restaurantes.

Ainda mais é o berço do tango. Portanto, não poderíamos de deixar de citar os bares e baladas que agitam a noite portenha.

Assim, conferimos as maravilhas dessa cidade bem de pertinho. E fizemos um roteiro de 6 dias com lugares que visitamos e consideramos imperdíveis em Buenos Aires.



ROTEIRO RESUMIDO

Dia 1: Cambio, Galerias do Pacífico, compras de passeios e Pub (sempre reservamos o dia que chegamos na viagem para resolver e comprar tudo que vamos precisar).

Dia 2 – Centro Histórico: Avenida 9 de Júlio, Obelisco, Imagem da Evita Perón, Café Tortoni, Plaza de Maio, Museu Histórico do Cabildo e da Revolução de Maio, Catedral Metropolitana de Buenos Aires, Casa Rosada (não fizemos a visita nesse dia), Paróquia San Ignácio de Loyola, Livraria de Ávila,  Museu de La Ciudade.

Dia 3 – Uruguai: Bate e volta para Colônia del Sacramento.

Dia 4 – Recoleta: Biblioteca Nacional e a Plaza Bartolomé Mitre, Museu Belas Artes, Faculdade de direito, Floralis Genérica, Plaza Francia, Plaza Intendente Torcuatode Avelar, Centro Cultural da Recoleta, Basílica Nuestra Señora Del Pilar, Cemitério da Recoleta, sorveteria Fredoo, show de tango, Pub em Palermo.

Dia 5 – Casa Rosada e Palermo: Visita guiada a Casa Rosada, Jardim Botânico, Parque 3 de Febrero, Plaza Almirante Gonzales Fernandes, Bosques de Palermo, El Rosedal de Palermo, Planetário Galileu Galilei e Museu da Arte Latino Americana (MALBA).

Dia 6 – Puerto Madeiro e centro de Buenos Aires: Plaza del Congreso, Congreso de la Nación Argentina, Palácio Barolo, Puerto Madeiro, Ponte de La Mujer, Pub de palermo e balada em Palermo.

ROTEIRO DETALHADO

Dia 1 – Chegada em Buenos Aires

Chegamos às 4h da manhã, como estávamos cansadas da viagem dormimos até mais tarde.

Em primeiro lugar fizemo o CÂMBIO. Não levamos pesos do Brasil e não tivemos nenhum problema com isso porque pagamos tudo no cartão de crédito até trocar o dinheiro.

Logo após trocar o dinheiro, paramos para almoçar na rede Mostaza da rua Florida. Os Fast Food de lá são bem baratinhos (hambúrguer, batata frita e refrigerante por uma bagatela de menos de R$ 12,00).

Assim, como a rua Florida é próxima ao shopping Galerias Pacífico, aproveitamos para visitá-lo. O local é lindo, portanto vale a visita, mesmo que você não vá fazer compras.

Em seguida do shopping fomos até Puerto Madero comprar nosso passeio para Colônia Del Sacramento. E na volta compramos algumas coisas no supermercado e um adaptador.

Por fim, finalizamos a noite em um Pub do centro de Buenos Aires para curtir um pouquinho da noite portenha.

Nossa dica é: aproveite ao máximo a vida noturna de Buenos Aires. Se você não curte uma boa noitada, opte por um bom restaurante ou um barzinho mais calmo.

Nesse dia, como estávamos hospedadas no centro de Buenos aires, fizemos tudo a pé mesmo.



Dia 2 – Centro histórico

Em nosso segundo dia fizemos o passeio mais turístico e comum de Buenos Aires, visitamos seu centro histórico.

Começamos o dia com uma caminhada rápida pela 9 de Julho, já que era caminho para ir para o Centro Histórico. Após aproveitamos para ver o Obelisco e a imagem de Evita Perón bem de pertinho.

Depois fomos a um dos cafés mais tradicionais de Buenos Aires, o Café Tortoni. O Café possui uma decoração lindíssima e um cardápio que dispensa comentários, com os mais variados preços (tomamos um café maravilhoso, de qualidade, mas isso nos custou uns bons pesos atgentinos hahaha)

Café Tortoni

Após se deliciar no Café Tortoni fomos para a Plaza de Maio, bastaram uns 3 minutinhos andando e já estávamos na praça. Após chegarmos na Plaza de Maio aproveitamos para conhecer os prédios históricos que ficam em seu entorno.

O primeiro prédio que fomos foi o Museu Histórico do Cabildo e da Revolução de Maio. Depois para a Catedral Metropolitana de Buenos Aires e por último demos uma passada bem rápida pela Casa Rosada, já que tínhamos uma visita agendada para o fim de semana.

Saindo da Plaza de Maio fomos para a Paróquia San Ignácio de Loyola. A Igreja não é tão grandiosa quanto à Catedral Metropolitana, mas apesar de sua arquitetura simples, a Igreja tem seu charme e vale a visita, nem que seja breve.

Em frente a paróquia fica a Livraria de Ávila, uma das livrarias mais antigas de Buenos Aires. Nela você vai encontrar livros novos e usados. É um ambiente vintage e encantador que amamos conhecer.

Powered by Rock Convert

Depois fomos ao Museu de La Ciudade, um museu pequeno, mas não achamos suas exposições muito interessantes.

Fizemos todo o passeio desse dia a pé e com calma para apreciar a bela arquitetura do centro de Buenos Aires.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires
Dia 3 – Colônia del Sacramento

Em nosso terceiro dia visitamos Colônia Del Sacramento, uma cidade linda do Uruguai que fica a apenas 1h de barco de Buenos Aires.

Dia 4 – Bairro Recoleta

No nosso quarto dia fomos visitar um dos Bairros mais nobres de Buenos Aires. Ele abriga vários pontos turísticos e lindas praças.

Fomos do centro de Buenos Aires para Recoleta de metrô. Assim, começamos o dia com umas deliciosas empanadas que achamos no caminho para Recoleta.

Depois das empanadas estávamos preparadas para andar bastante pelo bairro. Portanto, começamos pela Biblioteca Nacional e a Plaza Bartolomé Mitre. Esta praça fica em frente a biblioteca.

Plaza Bartolomé Mitri

Depois fomos para o Museu Belas Artes, ele é bem grande e tem umas exposições maravilhosas.

Posteriormente, do Museu fomos para a Faculdade de Direito que fica bem pertinho. Passamos rapidamente pela faculdade, só para tirar aquela foto que não pode faltar.

Da faculdade fomos apreciar um pouco da grandiosa estrutura metálica, a Floralis Genérica. Aproveitamos para descansar um pouco nos banquinhos de lá, afinal, já tínhamos andado bastante.

Depois fomos conhecer a Plaza Francia. E enfim, paramos para almoçar em uma praça de alimentação que tem ali pertinho, em frente a Plaza Intendente Torcuato de Avelar.

Com as energias renovadas fomos para o Centro Cultural da Recoleta. O local é lindo e tem várias exposições que certamente irá te impressionar.

Depois seguimos para a Basílica Nuestra Señora Del Pilar e enfim fomos ao Cemitério da Recoleta. Infelizmente, quando chegamos ao cemitério eram 16h10min e ele fecha às 16h, tivemos que nos contentar em olhar de fora mesmo.

Finalizamos nosso dia em Recoleta na sorveteria Fredoo. A Fredoo de Recoleta foi a primeira loja da rede e os preços de lá certamente são bem mais em conta que no Brasil.

A noite curtimos um maravilhoso show de tango. Sem dúvida esse é um programa imperdível para quem está indo pela primeira vez em Buenos Aires. Depois do show de tango nós fomos para um barzinho em Palermo.

Centro Cultural da Recoleta



Dia 5 – Visita guiada à Casa Rosada e ao Bairro Palermo

Em nosso quinto dia na capital portenha, pela manhã, fizemos uma visita guiada na Casa Rosada. Logo após fomos conhecer o Bairro Palermo, fomos da Casa Rosada para Palermo de ônibus.

Casa Rosada

Nossa primeira parada foi no Jardim Botânico. Uma extensa área verde com as mais variadas espécies de plantas e árvores. Fizemos um piquenique no jardim botânico, mas o lugar ideal para fazer piquenique são nos Bosques de Palermo.

Jardim Botânico

Depois passamos rapidamente pelo Parque 3 de Febrero e pela Plaza Almirante Gonzales Fernandes. Seguimos para os Bosques de Palermo e El Rosedal de Palermo. O parque Bosques de Palermo é muito usado pelos moradores de Buenos Aires para lazer e como era domingo o local estava bem cheio.

Seguimos para o Planetário Galileu Galilei, o edifício é muito lindo e vale a pena a visita, mesmo que você não queira entrar, como foi nosso caso.

Por último fomos conhecer o Museu da Arte Latino Americana (MALBA). Porém, como estava tendo uma exposição da Frida Kahlo, a fila estava quilométrica e nós decidimos não entrar (pois não tínhamos  a certeza de que conseguiríamos entrar).

Dia 6 – Puerto Madero

Enfim, nesse dia passamos por três bairros diferentes. Assim, começamos o sexto dia explorando um pouco mais o centro de Buenos Aires.

Nossa primeira parada foi a Plaza del Congreso e o Congreso de la Nación Argentina. De lá fomos para o Palácio Barolo, não fizemos a visita guiada, mas para quem tem interesse custa em média R$ 80 e precisa de agendamento prévio.

Depois fomos almoçar no bairro Recoleta em um restaurante que nos recomendaram. Afinal, ainda não tínhamos provado o famoso churrasco argentino. Logo após almoçar, caminhamos um pouco pelo bairro e depois fomos para Puerto Madero.

Puerto Madero

Em Puerto Madero fomos conhecer a famosa Ponte de La Mujer e aproveitamos para descansar e tomar um sorvete, afinal o dia estava bem quente.

Por fim, a noite nos despedimos da capital portenha do jeito que mais gostamos. Fomos em um Pub de Palermo e então  seguimos para uma Baladinha maravilhosa, e assim nos despedimos de Buenos Aires.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

”chip