Viagem para Santiago do Chile

VIAGEM PARA SANTIAGO DO CHILE: 14 DICAS E CURIOSIDADES

Atualizado em Janeiro , 2021

Está planejando uma viagem para Santiago do Chile? Então não deixe de conferir a nossa lista com 14 dicas e curiosidades úteis para a sua viagem ser incrível.

*Salve no Pinterest para ler depois

VIAGEM PARA SANTIAGO NO CHILE: 12 DICAS E CURIOSIDADES

Santiago é um destino muito popular entre os brasileiros, principalmente no inverno, quando muitos turistas procuram por lugares com neve.

Mas claro que as opções de o que fazer em Santiago vão muito além da neve. Assim, a cidade tem muitos atrativos e pontos turísticos que podem ser visitados o ano inteiro, além de uma cultura e culinária incríveis. E com tantos atrativos para você conhecer é importante ficar por dentro de algumas curiosidades que vão te ajudar a planejar a viagem para Santiago.

Então se você está planejando uma viagem para Santiago, confira 14 dicas e curiosidades úteis sobre a Capital Chilena.

Veja também: Onde ficar em Santiago – melhores bairros e hotéis.

1. Santiago é a maior cidade do Chile

Santiago é a maior cidade do Chile
Santiago do Chile

Em primeiro lugar, Santiago é a capital do Chile e também a cidade mais populosa do país, com mais de 6 milhões de habitantes.

Além disso, a metrópole também é a quinta cidade mais populosa da América do Sul ficando atrás apenas de São Paulo, Lima, Bogotá e Rio de Janeiro.

2. O maior arranha céu da América Latina fica em Santiago

O Castanera Center, um arranha céu localizado em Santiago, é o maior edifício da América Latina com 300 metros de altura.

No edifício também fica o SKY Costanera, o mirante mais alto da América Latina, que possui uma vista privilegiada de 360º da cidade de Santiago e da Cordilheira dos Andes.

Aliás, no Costanera Center você também vai encontrar o Shopping Costanera, o maior shopping de Santiago.

SKY costanera em Santiago
SKY Costanera em Santiago | © Horst Engelmann – Pixabay

3. A Cordilheira dos Andes pode ser vista da maioria dos pontos de Santiago

Cordilheira dos Andes
Cordilheira dos Andes vista do Cerro Santa Lucía

Santiago fica localizado em um vale cercado pela Cordilheira dos Andes. Assim, a cidade proporciona uma vista incrível para a Cordilheira que pode ser apreciada de muitos pontos da Capital.

Portanto, uma das coisas mais impressionantes que você vai vivenciar na cidade é caminhar por Santiago  acompanhada pela linda vista da Cordilheira.

Apesar de ser vista de diversos pontos, alguns lugares possuem uma visão ainda mais privilegiada para a Cordilheira. Desse modo, o Sky Costanera, Cerro Santa Lucía e Cerro San Cristovão são alguns pontos turísticos que oferecem uma vista espetacular para Cordilheira dos Andes.

Santiago é uma cidade grande, e assim como as demais metrópoles tem muita poluição. Então dependendo do dia, a linda vista para a Cordilheira dos Andes pode ser ofuscada pela poluição.

4. Santiago neva?

Não é comum nevar na região metropolitana de Santiago. Mas no inverno, a neve é garantida nas regiões de montanhas, aos arredores da Capital.  

Portanto, se você sonha em ver a neve caindo na cidade temos uma notícia não muito boa, esse é um fenômeno muito raro (mas claro que você pode dar muita sorte e pegar uma nevasca em Santiago).  

Aliás, a última vez que nevou na região central de Santiago foi em  2017, sendo que antes disso, a última nevasca forte na cidade foi em 1971.

Santiago neva?
Santiago do Chile

5. No inverno as temperaturas em torno de 0 °C são comuns em Santiago

Inverno em Santiago
Portillo | ©Marcelo Alex – shutterstock.com

O inverno em Santiago vai do final de junho ao final de setembro, e nesse período  é comum as temperaturas em torno de 0 °C ou abaixo, mesmo na região metropolitana. Portanto, na Capital você vai se deparar com temperaturas bem baixas, com média de 9 °C.

E para quem vai se aventurar nas estações de esqui, se prepare para pegar um frio mais intenso, pois nessas regiões as temperaturas podem chegar até a -15 °C.

6. Santiago é um destino perfeito para quem quer esquiar

Se você procura um destino para esquiar perto do Brasil, sem dúvida Santiago é uma ótima escolha. 

A cidade que fica aos pés da Cordilheira do Andes, no inverno tem suas montanhas cobertas de neve fazendo a alegria dos amantes de esqui.

E próximo a Santiago, você vai encontrar 3 estações de esqui, o EL Colorado, a Farellones e o Valle do Nevado.  Nessas estações você pode desfrutar de diversas pistas que atendem a todos os níveis, do iniciante ao avançado.

Esquiar em Santiago do Chile
Valle Nevado no Chile | ©rcheles  -Shutterstock.com

Portanto não importa se você já é expert em esqui ou não possui nenhum conhecimento, a diversão nas estações é garantida para todos.

E para quem está indo especialmente para curtir a temporada de esqui, uma ótima opção é se hospedar na própria estação.

7. Os passeios nas vinícolas de Santiago são imperdíveis

Os passeios pelas vinícolas de Santiago são bem populares entre os turistas, já que nos arredores da Capital você vai encontrar muitas opções.

Vinícolas de Santiago
Vinícola Concha y Toro

E se você, assim como a gente ama um bom vinho, não pode deixar de conhecer as vinícolas da região e fazer um tour para conhecer sua história e ao final desfrutar de uma deliciosa degustação com os vinhos da casa.

As principais vinícolas de Santiago ficam no Valle do Colchagua e no Valle del Maipo, e podem ser visitadas em um passeio bate e volta, ou se preferir, você pode se hospedar na região para uma experiência mais completa.  Algumas das vinícolas mais conhecidas da região são a Concha y Toro, Cousiño Macul, Santa Rita, Casa Lapostolle e Viu Monent.

8. O verão em Santiago é muito quente

Santiago tem estações bem definidas. Como já falamos, o inverno é bem frio, mas o verão na cidade também é bem quente.

Assim, as temperaturas no verão podem chegar a 30 °C com clima bem seco e dias ensolarados.

Mas a sensação que tivemos quando visitamos Santiago no verão (no mês de março) era de 40 °C, principalmente nos horários que o sol estava mais quente, quando a nossa maior amiga era uma garrafa de água e um estabelecimento com ar condicionado.

Parque Araucano em Santiago no Verão
Parque Araucano em Santiago no verão

Confessamos que temperaturas altas com cidades que não são litorâneas não nos agrada muito. Portanto preferimos Santiago em estações mais amenas.

Mas claro que o verão não atrapalha em nada a beleza de Santiago, nem suas atrações (com exceção das atividades que envolvem neve). Então, se você não se importa com o calor pode visitar a cidade no verão sem medo que certamente sua viagem será incrível.

9. Próximo a Santiago tem passeios bate e volta incríveis

Cojon del Maipo
Cajón del Maipo em Santiago

Além dos atrativos da região central de Santiago, você vai encontrar muitas opções de passeios bate e volta para explorar as lindas paisagens nos arredores da Capital.

Os passeios mais populares para quem quer explorar o litoral do Chile são para Vinã del Mar e Valparaíso e Isla Negra. Mas para quem quer se encantar com as lindas paisagens naturais das montanhas, conhecer Cajón del Maipo e Embalse El Yeso é um passeio imperdível.

Os amantes de vinho não podem deixar de conhecer as lindas vinícolas do Valle do Colchagua e no Valle del Maipo. E se você vai fazer uma viagem durante o inverno, faça o passeio para as estações de esqui, pois é imperdível.

10. O hot dog com abacate é muito popular em Santiago

O hot dog, nosso famoso cachorro quente, é uma comida bem popular na Capital Chilena. Na maioria dos restaurantes, cafés ou até mesmo barraquinha de rua, você vai encontrar cachorro quente. Mas a versão mais popular do hot dog chileno é com salsicha italiana, tomate, pure de abacate e maionese.

Nunca tínhamos comido hot dog  com abacate e nem pensado nessa possibilidade. Mas claro que não negamos comida e gostamos sempre de provar as iguarias da região. Então decidimos comer o hot dog com abacate e amamos (inclusive comemos várias vezes de tão gostoso que achamos). Contudo, se você não quiser arriscar no abacate pode pedir a versão sem o ingrediente.

11. Você já comeu Centolla?

Se você nunca ouviu falar de Centolla provavelmente vai ouvir quando estiver em Santiago, principalmente se for visitar o Mercado Central, local onde ela é a estrela dos restaurantes.

A Centolla é uma espécie de siri gigante, que se encontra em águas muito frias e profundas, como as do Chile. Portanto, esse é um prato típico do Chile, e claro que em Santiago você vai encontrar vários restaurantes que servem a iguaria.

A opção mais popular onde os turistas vão para provar essa iguaria é o Mercado Central. Mas na cidade você vai encontrar restaurantes incríveis fora do Mercado Central que servem o prato, como o  Ocean Pacific’s.

12. Em setembro acontece a Fiesta Pátrias, umas das maiores celebrações do Chile

Em setembro acontece a maior festa típica do Chile, a Fiesta Pátrias ou Deciocho. Essa é uma celebração dos feriados nacionais que se comemora o início do processo de independência da Coroa espanhola.

A maior celebração da Fiesta Pátria ocorre nos dias 18 e 19 de setembro, mas as comemorações duram a semana inteira com festas menores.

Os chilenos comemoram essas datas com assados e fondas, que são festas que acontencem nos parques da cidade, onde as músicas, danças, comidas e bebidas tradicionais como empanadas e chicha movimentam as comemorações.

Então, se você vai fazer uma viagem para Santiago na época da Fiesta Pátria, esse é um ótimo período para vivenciar o melhor da cultura Chilena.

13. Tenha cuidado com seus pertences pessoais no Centro de Santiago

Plaza de Armas
Plaza de Armas em Santiago

Santiago é uma cidade que consideramos segura, não passamos nenhum perrengue e nem sentimos medo ao caminhar pelas ruas. Pelo contrário, nos sentimos bem seguras, tanto no Centro da cidade como nos bairros mais afastados.

Mas mesmo nossa experiência tendo sido ótima, o número de turistas que são vítimas de furto é muito alto, principalmente na região da Plaza de Armas, Calle Bandera e Mercado Central.  Inclusive, quando estávamos fazendo o free tour em Santiago, uma senhora disse que havia sido furtada na Plaza das Armas e levaram sua câmera e carteira que estavam na bolsa.

As áreas com grande fluxo de pessoas, como as citadas acima, acabam facilitando a prática dos furtos, pois os turistas costumam estar mais distraídos. E caso perceba o furto é quase impossível saber quem cometeu em meio a tanta gente.  

Portanto em sua viagem para Santiago tenha cuidado com a bolsa, celular, câmera e objetos pessoais, principalmente na região central. Mesmo que esteja dentro de um restaurante ou outro estabelecimento, não descuide dos seus pertences, pois conhecemos pessoas que já foram vítimas de tentativa de furto dentro de restaurante.

Assaltos não são comuns em Santiago. Então, se você cuidar bem dos seus pertences provavelmente a viagem vai ser incrível e sem nenhum perrengue.

14. O seguro viagem para Santiago não é obrigatório, mas recomendável

Ao viajar para o Chile não é obrigatório contratar seguro viagem.  Contudo, em qualquer viagem internacional é recomendável que você o contrate.

Claro que ninguém quer precisar do seguro viagem né. Mas é melhor contratar e não precisar do que precisar e não ter contratado, pois em casos de emergência médica, o seguro viagem vai te dar toda a assistência necessária, evitando maiores dores de cabeça.

Mas vale lembrar que o seguro viagem não serve apenas para cobrir assistências médicas. Desse modo, ele cobre também extravio de malas, repatriação e assistência em caso de atraso ou cancelamento de voo, a depender da cobertura escolhida.

Garanta aqui o seu seguro viagem para a América do Sul com desconto.

Cerro Santa Lucia
Cerro Santa Lúcia em Santiago

Dica extra para aproveitar a sua viagem a Santiago

Santiago é cercado pela Cordilheira dos Andes e faz fronteira com a Argentina. Portanto, a cidade fica a apenas 370 km (aproximadamente 6h de carro) de Mendoza, a capital do vinho na Argentina. E devido a sua proximidade é bem comum ir de uma cidade para a outra de ônibus ou carro.

Então, se você é um amante de vinho e de paisagens exuberantes, ir de Santiago para Mendoza é um passeio imperdível. Assim você pode fazer o trajeto de ônibus (fizemos o trecho invertido, então fomos de Mendoza para Santiago pela Cordilheira dos Andes) que é uma opção de transporte rápida e econômica. Ou se preferir, você pode alugar um carro ou um transfer particular para uma viagem ainda mais tranquila. Sem dúvida, esse passeio vai deixar a sua viagem para Santiago incrível.

Para ler em seguida:

Adriele Lube

Editora do Elas Viajando, apaixonada por viagens e fotografia. E claro está sempre com a mala pronta para conhecer o próximo destino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

”chip