CENTRO HISTÓRICO DE PARATY: O QUE FAZER E HISTÓRIA

Atualizado em Maio , 2020

Veja o que fazer no Centro Histórico de Paraty, no Rio de Janeiro. Confira ainda as melhores atrações, experiências e um pouco da história do local.

*Salve no Pinterest para consultar depois

CENTRO HISTÓRICO DE PARATY

Caminhar pelas ruas do Centro Histórico de Paraty é uma atração imperdível para quem visita a cidade.

Apesar de você encontrar muitos outros passeios em Paraty como trilhas, praias e cachoeiras, o Centro Histórico é uma atração única.

Formado por ruas de pedras, todas com uso exclusivo para pedestres, bem como, construções coloniais com as famosas portinhas e janelas coloridas que em sua grande maioria abrigam bares, restaurantes e lojinhas, o Centro Histórico é aquela atração para curtir durante o dia e a noite.

Ainda mais, as  construções são cheias de histórias que te levam a um mergulho no passado. Desse modo, caminhar pelo Centro Histórico de Paraty é um passeio que vai te impressionar.

Encontre aqui os melhores hotéis e pousadas em Paraty

História de Paraty

Foi no Centro Histórico onde surgiu Paraty, inicialmente nomeada de Villa de Nossa Senhora dos Remédios de Paratii.

Assim, Paraty tem grande importância na história do Brasil que se dá pelo fato da cidade ter sido o elemento de ligação entre as capitanias do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais na época do Brasil Colônia.

A cidade era um importante ponto comercial para a entrada de mercadorias e escravos no país, e para o escoamento do ouro de Minas Gerais e o café do Vale do Paraíba. Desse modo, Paraty vivia em grande ascensão comercial com o ciclo do café.  

E nesse período, a produção de cachaça também cresceu e Paraty virou sinônimo de pinga. No século XVIII, a região chegou a ter mais de 200 alambiques, sendo conhecida até hoje pela produção de uma variedade de pingas. Desse modo, atualmente os poucos alambiques que sobraram podem ser visitados e fazem sucesso entre os turistas.

Porém, com a abertura da ferrovia ligando Rio de Janeiro à São Paulo através do Vale do Paraíba e a abolição da escravidão em 1888, a economia de Paraty é afetada de forma negativa. Assim, a cidade passa por um período de isolamento que dura por décadas, não acompanhando o desenvolvimento do resto do Brasil .

E é devido a esse isolamento involuntário que temos um Centro Histórico tão preservado em Paraty. A cidade manteve sua arquitetura preservada, bem como sua estrutura urbana e costumes.

O conjunto arquitetônico e paisagístico do Centro Histórico, assim como seu entorno foi tombado pelo IPHAN. E hoje Paraty tem o título de Monumento Nacional.

Então, Paraty é um destino completamente turístico e oferece  uma variedade de atrações culturais e naturais para os visitantes como praias, cachoeiras, festas religiosas e manifestações artísticas.

O que fazer no Centro Histórico de Paraty

Apesar de pequeno, o Centro Histórico de Paraty reserva muitas atrações e experiências para os turistas. Mas a melhor parte é que tudo pode ser conhecido facilmente a pé.

E se o seu tempo na cidade for curto, em apenas uma tarde (ou uma manhã) você consegue conhecer muito do Centro Histórico.

Se você está de viagem marcada para Paraty, o Centro Histórico é sem dúvida a melhor região para se hospedar. Além de ser uma maneira de aproveitar ainda mais esse lugar incrível.

Então, agora vamos ver o que fazer no Centro Histórico de Paraty.

Encontre aqui os melhores passeios em Paraty.

1. Caminhe pelas ruas de pedras do Centro Histórico de Paraty

CENTRO HISTÓRICO DE PARATY
Centro histórico de Paraty

Em primeiro lugar, comece o seu roteiro caminhando com calma pelas ruas da cidade. Se perca em meio as ruas de pedras (e olha que dá para se perder mesmo) e aprecie sua arquitetura.

Veja a belezas das janelas e portas coloridas, os detalhes nas construções com toda a grandiosidade que o conjunto da cidade oferece .

Curta o ritmo desacelerado do Centro Histórico.  E claro, tire muitas fotos. Afinal, cada cantinho de Paraty é tão fotogênico.

Por ter ruas de pedras, ao conhecer o Centro Histórico de Paraty utilize sapatos confortáveis e não se esqueça de levar água. Aliás, o local é muito quente e tivemos um pouquinho de dor de cabeça na nossa caminhada. Mas nada que um sorvete durante o dia não rosolva ou um Jorge Amado durante a noite.

Melhores praias do Brasil: uma lista com as melhores e mais lindas praias brasileiras.

2. Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

CENTRO HISTÓRICO DE PARATY
 Igreja de Nossa Senhora do Rosário em Paraty

Em sua caminhada pelo Centro Histórico não deixe de dar uma atenção extra para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, mais conhecida como Igreja do Rosário. A igreja está localizada na Rua Dr. Samuel Costa.

Assim, a igreja teve o início de sua construção em 1725 e era destinada aos negros escravos que também ajudaram na construção.

A igreja foi reedificada pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de Paraty, por volta de 1757.  Aliás, ela é a única igreja em Paraty que conserva seus altares com douramento original do início do século passado.

3. Praça da Matriz

A Praça da Matriz é a maior praça do Centro Histórico de Paraty.

Assim, em seu entorno você vai encontrar casarões coloniais de 2 andares, um tipo de construção mais rara no Centro Histórico.

Powered by Rock Convert

Além disso, no entorno da praça ainda ficam alguns dos melhores bares do Centro Histórico de Paraty, além de restaurantes e cafés. Mas na praça você também vai encontrar a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios.

Para ler em seguida:

4. Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios

Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios | Foto : Rejane Sarmento por Wiki Commons

Ao passar pela Praça da Matriz não deixe de conferir de perto a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios.  A igreja que existe hoje foi construída onde anteriormente existia a Capela de Nossa Senhora dos Remédios.

A construção da igreja foi concluída somente em 1712. Porém, ela se tornou pequena para os devotos, sendo necessário a sua ampliação. 

Assim foi iniciada a construção de um templo ao lado da Igreja. Mas a obra foi paralisada por diversas vezes por questões financeiras, sendo entregue ao povo somente 100 anos depois.

5. Igreja de Nossa Senhora das Dores

 Igreja de Nossa Senhora das Dores
Igreja de Nossa Senhora das Dores

Ao passar pela Rua da Capela  você vai encontrar a Igreja de Nossa Senhora das Dores, também conhecida como Capelinha.

A igreja foi construída em 1800 pelo Padre Antonio Xavier da Silva Braga e pelas mulheres da aristocracia de Paraty. No mesmo ano foi criada a Irmandade de Nossa Senhora das Dores e, assim, só era permitido mulheres na Igreja.

Um dos destaques da construção da Igreja é o galo marcador da direção dos ventos que fica sobre a sua cúpula.

6. Casa da Cultura de Paraty

Casa da Cultura em Paraty | Foto : Rodrigo Padula por Wiki Commons

O edifício onde funciona a Casa da Cultura é considerado uma das construções mais representativas da arquitetura civil do século XVIII em Paraty. Assim, ao passar pela Rua Dona Geralda não deixe de visitar o local.

A Casa da Cultura possui projetos e exposições que atuam com o objetivo de preservar e valorizar o patrimônio cultural de Paraty. Então, vale a pena conferir as exposições do local.

Top 10 melhores lugares para viajar pelo Brasil.

7. Igreja de Santa Rita de Cássia

CENTRO HISTÓRICO DE PARATY
Igreja de Santa Rita de Cássia | Foto | Mauro Segura por Pixabay

Localizada na Rua Santa Rita, a igreja de mesmo nome é o cartão postal de Paraty.

A igreja de arquitetura jesuítica, que também apresenta elementos do barroco,  foi construída em 1722 pelos pardos libertos da época.

Inicialmente ela era frequentada por negros, pardos e índios. Mas com a demora na reforma da Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, a Igreja de Santa Rita passou a receber todos os públicos.

Atualmente o edifício abriga o Museu de Arte Sacra de Paraty, e possui uma  exposição permanente de imagens e objetos sacros.

Contrate aqui seu City Tour em Paraty e conheça a cidade acompanhado de um guia que vai te cantar todas as curiosidades e histórias do local.

8. Teatro Espaço

Gosta de teatro com bonecos? Então, se você estiver em Paraty na quarta ou sábado a noite não deixe de conferir a apresentação em cartaz no Teatro Espaço que acontece às 21 horas.  

O teatro de bonecos que fica na Rua Dona Geralda, certamente encanta e emociona aos espectadores.

Melhores lugares para viajar no Rio de Janeiro.

9. Vá a um bom restaurante

Paraty possui uma culinária para lá de espetacular com muitas opções de restaurantes e bares incríveis.

A dica que vamos dar para você fechar seu passeio em Paraty com chave de ouro é almoçar ou jantar em um bom restaurante. Mas dependendo do dia e do restaurante escolhido é recomendado reservar uma mesa com antecedência.

Assim, se você gosta de frutos do mar nossa sugestão é o restaurante Banana da Terra. Mas o Restaurante Bartholomeu especializado em carnes e peixes também é uma ótima opção.

Paraty conta com uma infinidade de bons restaurantes, basta andar pelas principais ruas e você vai se deparar com estabelecimentos para todos os gostos.

10. Provar uma Gabriela e um Jorge Amado

Por fim, você não pode sair de Paraty sem provar a bebida mais famosa da cidade, a cachaça Gabriela.

Então que tal escolher um barzinho para finalizar a noite, e apreciar a cachaça Gabriela e suas bebidas derivadas.

A cachaça Gabriela é uma cachaça doce, produzida nos alambiques de Paraty, com gostinho de cravo e canela.

Assim, essa bebida se tornou famosa na região. E claro originou alguns drinks como o famoso Jorge Amado, uma caipirinha feita com a cachaça Gabriela, limão e maracujá. Mas além do Jorge Amado, a caipigabriela também é bem comum na região, uma caipirinha com cachaça Gabriela.  

Então se você gostar das cachaças de Paraty não se esqueça de garantir algumas para levar para casa.

O Centro Histórico de Paraty conta com várias lojas que vendem os mais variados tipos de cachaças da região. Apesar da Gabriela ser bem famosa na cidade, nos apaixonamos pela cachaça de capim limão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

”chip