Já pensou em conhecer uma das sete maravilhas naturais do mundo? Então, estamos falando das cataratas, que você pode conhecer tanto do lado brasileiro quanto do lado argentino. E se você quer conhecer o Parque Nacional Iguazú, as cataratas do lado argentino, nesse texto vamos contar tudinho sobre essa atração incrível e que vale muito a pena visitar em Puerto Iguazú, Argentina.

Em nossa viagem pela Argentina resolvemos voltar para o Brasil por Foz do Iguaçu. Durante o trajeto de volta ficamos alguns dias em Puerto Iguazú para explorar e conhecer melhor a cidade. Apesar do calor intenso, a cidade tem muitas atrações incríveis. Mas quando falamos de Puerto Iguazú, o primeiro ponto turístico que vem à cabeça são as cataratas. E claro, fomos conferir tudinho da atração.

Então, se você vai à Foz do Iguaçu conhecer as cataratas do lado brasileiro, recomendamos um pulinho em Puerto Iguazú para explorar também as cataratas do lado argentino, e assim, deixar a sua experiência completa.

Veja também: Mochilão pela América do Sul – dicas essenciais e roteiro.

Parque Nacional Iguazú

O Parque Nacional Iguazú, onde está as cataratas do lado argentino fica localizado em Puerto Iguazú (Argentina), que com Foz do Iguaçu (Brasil) e Ciudad del Este (Paraguai) formam a tríplice fronteira.

O parque é patrimônio natural da humanidade, desde 1984, e uma das 7 maravilhas naturais do mundo, desde 2011, sendo um lugar ideal para aproveitar a natureza e apreciar belas paisagens. 

A cidade de Puerto Iguazú é província de Missiones e fica a 18 km de Foz do Iguaçu, Brasil. E o Parque Nacional Iguazú fica a 17 km do centro de Puerto Iguazú. Apesar de parecer muitos quilômetros, é bem tranquilo sair de Foz do Iguaçu e ir para as cataratas do lado argentino. E para quem já está em Puerto Iguazú, é mais tranquilo ainda a pequena viagem até o parque.

A entrada no Parque Nacional Iguazú custa 1.680 Pesos Argentinos (fevereiro de 2022) para moradores do Mercosul. E esse valor deve ser pago em Pesos Argentinos ou cartão de crédito. Eles não aceitam Real. Então troque dinheiro antes de ir para o parque ou leve um cartão de crédito desbloqueado para compras internacionais.

O ingresso inclui a viagem no Trem Ecológico de la Selva, que leva até o início das trilhas para as atrações do Parque Nacional Iguazú. Um passeio que por si só é bem interessante e agradável.

Como chegar no Parque Nacional Iguazú

Se você está em Foz do Iguaçu, pode optar em ir para Puerto Iguazú de ônibus, que é super tranquilo e prático, táxi ou passeios/transfer. Em qualquer uma das opções é bem tranquilo e a viagem é bem curta.

Foz do Iguaçu para Puerto Iguazú

Primeiro vamos explicar como chegar em Puerto Iguazú, saindo de Foz do Iguaçu, com cada uma das opções de meios de transportes disponíveis para você fazer a viagem.

1º carro: essa é uma das opções preferidas para quem vai até Puerto Iguazú, a partir de Foz do Iguaçu, mas o ponto negativo é que você vai pegar uma longa fila na aduana da Argentina. Então se você escolher essa opção, se prepare para ficar um bom tempo na fila para entrar na Argentina. Use um aplicativo para fazer a sua viagem de carro.

2º ônibus: achamos essa opção bem prática para quem vai de uma cidade para outra, mas o ponto positivo de pegar esse meio de transporte é que ele não fica parado naquela fila enorme da fronteira. Os ônibus tem um corredor exclusivo e passam direto pela fila de carros e param na imigração, nessa hora você deve descer com os seus documentos (passaporte ou RG) e fazer todos os trâmites, e depois voltar para o transporte e seguir viagem. Os ônibus que fazem esse trajeto são das empresas Rio Uruguay, Crucero del Norte, entre outros e eles saem do Terminal Rodoviário Urbano de Foz do Iguaçu (o ponto em frente ao terminal) e te deixa na Rodoviária de Puerto Iguazú, bem no centro da cidade (do local é fácil se locomover para outras regiões).

3º táxi: outra forma de atravessar a fronteira é de táxi. Nesse caso, você vai seguir os mesmo trâmites do carro e pegar uma fila da imigração. Quanto aos preços, ao chegar em Foz do Iguaçu combine um preço com um taxista, a maioria faz esse trajeto.

Puerto Iguazú ao Parque Nacional Iguazú

Como chegar no Parque Nacional do Iguazú
Ônibus que vai de Puerto Iguazú para o Parque Nacional Iguazú

Depois de chegar em Puerto Iguazú é hora de seguir para o Parque Nacional Iguazú e conhecer esse paraíso natural. Se você vai ir de ônibus para Puerto Iguazú, recomendamos descer na rodoviária da cidade, assim não tem erro. Aliás, do local saem ônibus para o parque de 30 em 30 minutos, basta comprar a sua passagem e esperar alguns minutinhos.

Fizemos o trajeto de Puerto Iguazú até o Parque Nacional Iguazú de ônibus com a empresa Rio Uruguay. A passagem custou 350 Pesos Argentinos, cada trecho, mas na rodoviária eles também aceitam Real. Se você parar na rodoviária de Puerto Iguazú, já compre a passagem de ida e volta.

Contudo, se você vai de carro ou outro meio de transporte, após passar pela aduana é só seguir direto para o parque. Use o Google para não se perder. Saindo de Puerto Iguazú, você vai gastar aproximadamente 15 minutinhos para chegar na entrada do Parque Nacional Iguazú.

O que fazer e conhecer no parque

Depois de entrar no Parque Nacional Iguazú, você vai caminhar um pouquinho e passar pelo Centro de Visitantes. Se quiser alguma informação sobre o lugar e seus passeios essa é a hora, mas por todo o parque você vai encontrar pessoas que trabalham no local e que podem te ajudar.

O Parque Nacional Iguazú possui várias trilhas, onde você pode ver as cataratas de vários ângulos ou simplesmente apreciar a bela natureza do local. Para acessar essas trilhas, você vai pegar o Trem Ecológico da Selva, na Estação Central, próximo à entrada do parque.

Então, veja quais passeios e trilhas você pode fazer no Parque Nacional Iguazú. E como são muitas opções, não é possível fazer todos no mesmo dia, mas você pode voltar mais de uma vez (eles dão desconto caso você volte dois dias seguidos) ou escolher o que mais te interessa.

Veja também: O que comprar em Puerto Iguazú, Argentina – dicas de produtos e mais.

1. Trilha Verde

Estação de Trem das Cataratas
Estação Cetral do Trem da Selva

A Trilha Verde é uma pequena caminhada no Parque Nacional Iguazú. Desse modo, ela tem 650 metros com 100% de acessibilidade. A trilha conecta o pátio de serviços (local próximo onde você pega o trem) a Estação Cataratas (1ª parada do Trem da Selva). Então, se você já quer explorar um pouco do parque, pode iniciar por essa pequena trilha.

Na Trilha Verde há uma variedade de espécies da flora nativa, que você pode apreciar durante o trajeto. Desse modo, cada cantinho do parque é uma atração que vale muito a pena ser explorada, e o melhor, grande parte da Trilha Verde é coberta por árvores.

2. Circuito Superior

Trilha Cataratas do Iguazú

O acesso para o Circuito Superior é feito a partir da Estação Cataratas, primeira parada do Trem Ecológico da Selva. Então se você quer fazer essa trilha, desça na Estação Cataratas. Nessa estação você vai encontrar uma lanchonete, banheiros e muito mais.

O Circuito Superior possui 1.750 metros e também tem acessibilidade. A trilha é feita por passarelas que te levarão a paisagens incríveis e muitas cachoeiras, que serão vistas do alto.

Assim, durante o Circuito Superior você vai conhecer as seguintes cachoeiras: Cachoeira Bosetti, Cachoeira Duas Irmãs, Cachoeira Chico Alférez, Cachoeira Adão e Eva, Cachoeira Mbiguá e a Cachoeira San Martín (a segunda maior do parque), mas lembre-se que você vai ver essas cachoeiras de mirantes, a partir das passarelas.

3. Circuito Inferior

Outro circuito que você pode fazer para explorar o Parque Nacional Iguazú é o Circuito Inferior, que também é feito a partir da Estação Cataratas. Durante essa trilha você vai ver de perto várias espécies nativas de árvores e animais, como os quatis e pássaros. Aliás, também vimos muitas borboletas pelos caminhos do parque.

Contudo, essa trilha não é totalmente acessível, pois ela tem algumas escadas, mas as passarelas vão te levar a mirantes incríveis para contemplar a bela natureza e cachoeiras perfeitas. Assim, as cachoeiras que você vai encontrar no Circuito Inferior são: Cachoeira Bosetti, Cachoeira Lanusse, Cachoeira Alvar Núñez, Cachoeira Chico Alferéz e Cachoeira Duas Irmãs.

Algumas das cachoeiras vistas do Circuito Inferior são as mesmas exploradas no Circuito Superior, mas de um ângulo totalmente diferente.

4. Garganta del Diablo

Garganta del Diablo

A Garganta del Diablo é a atração principal do Parque Nacional Iguazú. Então se você vai fazer uma visita rápida ao parque, não deixe de ir até a Garganta del Diablo, pois o visual é sensacional. É difícil até descrever a paisagem.

Para ir até o ponto turístico você deve descer na Estação Garganta del Diablo, a última parada do Trem da Selva. Assim que descer, siga para as passarelas, mas na estação você ainda vai encontrar banheiros, lanchonete, água potável grátis (caso queira encher a garrafinha) e duas duchas.

A trilha até a Garganta del Diablo tem aproximadamente 2.200 metros (ida e volta), mas ela é feita praticamente toda no sol, pois tem poucas árvores pelo caminho. Então vá de boné ou chapéu. Contudo, durante o trajeto você vai ver paisagens lindas e alguns animais, como quatis, peixes e muito mais. Um passeio bem agradável com a trilha totalmente acessível.

Ao final da trilha, você vai encontrar a Garganta del Diablo que é um lugar encantador, mas o mirante fica bem cheio. Então tirar uma foto sozinha é quase missão impossível. E muito provavelmente você vai ter que esperar alguns minutinhos para abrir um pequeno espaço para tirar a sua foto. Do Mirante da Garganta del Diablo, do lado argentino, você consegue ver o mirante das cataratas do lado brasileiro.

5. Isla San Martín

A Isla San Martín é outra atração para conhecer no Parque Nacional Iguazú. Para conhecer a Ilha é necessário fazer o Circuito Inferior até o cais. Ao chegar no cais, você pode pegar uma lancha gratuita até a ilha.

Na Isla San Martín, você vai fazer uma trilha de 700 metros em meio a mata e apreciar a bela natureza. Mas a trilha ainda tem mirante com vista para a Garganta del Diablo e outras cachoeiras do parque.

6. Trilha Macuco

A Trilha Macuco começa na Estação Central, onde o Trem Ecológico da Selva sai com destino a estação Cataratas e Garganta del Diablo. Contudo, essa é uma trilha um pouco maior, já que você vai percorrer 7.000 metros, ida e volta. Então é bom estar com roupas e calçados para trilha.

Durante o trajeto, você pode observar toda a beleza do Parque Nacional Iguazú. E apesar da caminhada, você vai ser recompensado com uma bela cachoeira ao final, a Cachoeira Arrecha. Ela possui uma queda d’água de 23 metros de altura, que termina em uma piscina natural com pedras ao redor. Aliás, esse é o único acesso para a cachoeira.

O acesso para a Trilha Macuco está sujeito às condições climáticas e ela abre às 8 hrs e fecha às 15 hrs.

7. Passeio na lua cheia

O Passeio na Lua Cheia também vale muito a pena fazer no Parque Nacional Iguazú. Ele é um passeio noturno que vai depender da data da sua viagem. Contudo, ele permite que você tenha uma experiência incrível no ponto turístico e se você gosta de tirar fotos, não pode perder essa oportunidade.

No entanto, o passeio acontece apenas 5 noites por mês, quando a lua está cheia. Ele começa na Estação Central, quando você pega o Trem Ecológico da Selva. Você faz todo o trajeto normal até a Garganta del Diablo, mas um guia te acompanha durante todo o caminho.

O passeio na lua cheia depende das condições climáticas, mas ele vale muito a pena, principalmente se você tem mais dias para explorar Puerto Iguazú ou vai ficar hospedado no hotel do parque, o Gran Mélia Hotel.

8. Gran Aventura

Gran Aventura | Foto: Jonatan Lewczuk via Unsplash

Se você quer curtir uma aventura no Rio Iguaçu, o Gran Aventura é um passeio perfeito. Aliás, nos dias mais quentes ele é uma boa pedida. O Gran Aventura se parece com o Macuco Safari feito nas cataratas do lado brasileiro.

Para fazer esse passeio você também deve comprá-lo, já que ele independe da entrada no Parque Nacional Iguazú. Mas é possível comprar depois de ter entrado no parque, lá tem uma tenda vendendo passeios.

No Gran Aventura, o primeiro trecho você vai fazer a bordo de um caminhão pela selva do parque. A segunda parte é um tour de barco pelo rio até o Saltos San Martín e Três Mosqueteiros. Nesse momento, você vai tomar um delicioso banho de cachoeira, por isso, é importante ir com roupas apropriadas para o passeio.

9. Hospedar no Parque Nacional Iguazú

Hotéis em Foz do Iguaçu
Belmond Hotel | Foto: divulgação booking.com

Quer ter uma experiência ainda mais incrível? É possível se hospedar em um hotel no Parque Nacional Iguazú. Desse modo, o Gran Meliá Iguazú é uma hospedagem incrível para quem quer curtir uma viagem maravilhosa em Puerto Iguazú. O hotel fica localizado no Parque Nacional Iguazú, onde você pode curtir momentos sensacionais na natureza e visitar as Cataratas do lado argentino. Os quartos do hotel têm vista para as Cataratas ou para a floresta.

Veja também: Melhores hotéis em Puerto Iguazú, Argentina.

Dicas para visitar as Cataratas do lado argentino

Cataratas do Iguazú
Vista do mirante das Cataratas do Iguazú

Se você vai visitar o Parque Nacional Iguazú, as cataratas do lado argentino, vamos dar algumas diquinhas para o seu passeio ser incrível.

  • Leve uma garrafa de água, principalmente se você vai visitar o parque no verão, porque Puerto Iguazú é um lugar muito quente. Nas estações do Trem da Selva você ainda pode encher a garrafinha.
  • Vá com roupas leves, porque a caminhada até o ponto para ver as cataratas é bem longa. Todo o trajeto é feito no sol, então um chapéu ou boné vai fazer toda a diferença para o seu passeio.
  • Leve repelente, principalmente se você tem alergias a mosquitos e use protetor solar.
  • Pelo caminho é comum encontrar quatis, e apesar de serem bonitinhos e fofinhos, não tente pegar e nem alimente eles. Apenas observe os animais e toda a natureza.
  • Para comprar o seu ingresso, leve Pesos Argentinos ou um cartão de crédito, porque não é aceito Real.
  • Se você não conseguiu explorar tudo em um único dia, guarde seu ingresso. Assim, você vai ganhar 50% de desconto no ingresso do dia seguinte. Então, você pode conhecer e explorar o parque sem pressa.
  • Ah, e por fim, não jogue lixo na trilha. Afinal, você está em uma das sete maravilhas naturais do mundo. Vamos contribuir para manter ela bem linda e natural.

*Salve no Pinterest para ler depois

Cataratas Argentina

Para ler em seguida: