Quando decidimos fazer uma viagem pelo Sul do Chile, a Ilha de Chiloé ou Ilha Grande de Chiloé como também é chamada foi uma das primeiras cidades Chilenas a entrar no nosso roteiro.

O principal motivo na qual optamos em conhecer a Ilha Grande de Chiloé foi a sua cultura cativante diferente de tudo que já tínhamos visto, bem como, suas belezas naturais capazes de deixar qualquer amante da natureza encantado.

Desse modo, podemos descrever Chiloé como uma ilha única, cercada de mistérios, lendas e belezas naturais e materiais que valem a visita.

Se preferir vá direto ao tópico desejado:

Onde fica a Ilha de Chiloé

ILHA DE CHILOÉ NO CHILE
Palafitos de Castro em Chiloé | Foto: Arqpedroojeda via AdobeStock

A Ilha Grande de Chiloé faz parte de um Arquipélago Chileno, localizado ao Sul do Chile. Situado na Região de Los Lagos, a ilha fica a aproximadamente 1.200 km da capital Santiago.

Desse modo, Chiloé fica no oceano pacífico e as cidades mais próximas são Puerto Montt que fica a aproximadamente 96 km da Ilha, e Puerto Varas que fica a aproximadamente 112 km de Chiloé.

Contrate aqui seu seguro viagem para Chiloé com nosso desconto especial de 15%.

Sobre a Ilha Grande de Chiloé

O que fazer em Chiloé
Capilla Nuestra Señora De La Merced Aucar – Isla Aucar

Em primeiro lugar, a Ilha Grande de Chiloé é um destino imperdível para os viajantes que amam explorar diferentes culturas.

Toda a história da ilha é muito cativante com lendas que envolvem bruxas e Igrejas, além da culinária exótica e cheia de sabor. Assim, cada cantinho de Chiloé é acompanhado de uma lenda ou uma história fascinante.

Aliás, esse destino faz parte do maior arquipélago do Chile formado por cerca de 30 ilhas, sendo que a Isla Grand de Chiloé é a principal e maior ilha do arquipélago. Ainda mais, Castro é a maior e principal cidade de Chiloé.

Por fim, a Ilha de Chiloé é um santuário da natureza, com grandes parques naturais e animais de varias espécies. Assim, não é incomum você encontrar ovelhas, porcos ou vacas andando pelas estradas na ilha.

Arquitetura da Ilha de Chiloé

Dalcahue Chile
Dalcahue – Ilha de Chiloé

Chiloé que foi colonizada por espanhóis e posteriormente recebeu os Jesuítas, possui uma cultura única. Portanto, para os amantes de uma bela arquitetura, a ilha possui construções vernaculares que são impressionantes.

As igrejas da Ilha Grande de Chiloé são os maiores exemplos de sua bela arquitetura. São mais de 70 Igrejas construídas em madeira, sendo que 16 são reconhecidas como Patrimônio Mundial da UNESCO. Desse modo, as igrejas representam a fusão da cultura indígena e européia que resultaram nesta arquitetura única.

Além das igrejas, os palafitos em madeira de Castro também são exemplos da belíssima arquitetura dos Chilotas. E da mesma maneira, as casas da cidade são em sua grande maioria em madeira.

Contrate aqui seu seguro viagem para Chiloé com nosso desconto especial de 15%.

Culinária da Ilha de Chiloé

Culinária de Chiloé
Cordeiro no pau
Culinária de Chiloé
Curanto com Chapalele
Culinária de Chiloé
Ostras

A culinária Chilota é outro fator que encanta os turistas que visitam a ilha. Desse modo, o local possui uma variedade de pratos.

Ficamos extremamente encantadas com a peculiaridade da gastronomia da Ilha Grande de Chiloé.

O alimento mais popular da ilha é a batata. Aliás, a Ilha Grande de Chiloé é o maior produtor de batata do Chile e produz mais de 400 tipos de batatas. Desse modo, o alimento está presente em praticamente todos os pratos na ilha.

Mas o sucesso das “papas Chilotas” não se restringem somente à Chiloé, ouvimos muitos elogios do alimento em outras cidades no Sul do Chile.

Desse modo, na Ilha Grande de Chiloé você encontrará como pratos típicos o chapalele, uma espécie de pão assado à base de batatas raladas e o Milcao que se parece com o chapalele, porém é frito.

Contudo, a grande estrela gastronômica da ilha é o Curanto, um prato de origem indígena e que inicialmente era feito pelos agricultores Chilotas para o consumo próprio. Mas atualmente muitos turistas vão para ilha provar essa iguaria.

Assim, o curanto é um prato com um preparo muito específico, composto por uma variedade de carnes assadas em um buraco no chão. Para saber toda a história e como é feito seu preparo, indicamos que leia o artigo sobre o Curanto.

Lendas e histórias da Ilha de Chiloé

Histórias e lendas são preservadas até hoje em Chiloé. Assim é muito comum que em passeios turísticos, os guias contem muitas dessas lendas para entreter os visitantes.

Todas as lendas e tradições da ilha são envoltas por muito mistério. Então, lendas envolvendo bruxas, espíritos e outras criaturas são comuns e fazem parte da cultura local.

Além das lendas, algumas tradições também fazem parte da história de Chiloé, como  a “minga” (tiradura de casa, onde uma residência é transportada de um lugar para outro).

Desse modo, as lendas e histórias que envolvem a ilha são muitas. Mas se você se interessou pelo assunto recomendamos que leia este artigo sobre as tradições de Chiloé .

Quando ir para Ilha de Chiloé e clima

Ilha Grande de Chiloé
Chiloé | Foto:  Xcamilah, via Wikimedia Commons.

O clima na Ilha Grande de Chiloé é um pouco instável e chove bastante. Então no mesmo tempo que está fazendo sol, o clima pode mudar e começar a chover.

Mesmo durante o verão, os dias nublados prevalecem na ilha. Assim é possível que você pegue chuva em sua viagem, independente da época escolhida para conhecer Chiloé.

Contudo, durante verão a probabilidade de você pegar dias ensolarados é bem maior. Assim, a melhor época para conhecer Chiloé é durante verão, no final de dezembro até o final de fevereiro.

O verão é o período que os pinguins e outras aves migratórias chegam na ilha, sendo a melhor época para quem deseja ver esses animais.

O clima em Chiloé é bem úmido e na ilha venta bastante. Então mesmo no verão roupas de frio e uma jaqueta corta vento é essencial (no fim do artigo tem um tópico com o que levar para a ilha).

Veja também: Lista de viagem – cheklist com tudo que não pode faltar na sua mala.

No inverno, o clima é ainda mais frio e a temperatura média na ilha é de 4 ºC, podendo atingir temperaturas abaixo de 0 ºC.

Quanto tempo ficar na Ilha de Chiloé no Chile

Algumas agências de Puerto Montt e Puerto Varas até oferecem um passeio de bate e volta para a Ilha Grande de Chiloé. Mas não recomendamos que você faça isso, pois além de ser cansativo devido a falta de tempo, o passeio não permite que você conheça quase nada da ilha.

Pela nossa experiência em Chiloé, recomendamos que você fique pelo menos três dias que são o suficiente para conhecer os principais atrativos do lugar. Mas se você tiver disponibilidade e deseja conhecer e explorar a ilha mais afundo, o ideal é ficar de 5 a 7 dias.

Contudo, se você curte a natureza, gosta de explorar lugares mais rústicos e pouco frequentado por turistas e quer estender sua estadia em Chiloé e ficar mais de uma semana, atrativos não irão faltar.

Como ir e como se locomover na Ilha de Chiloé

CHILOÉ NO CHILE

Existem três maneiras de chegar na Ilha Grande de Chiloé, sendo elas: ônibus, carro ou avião.

Mas independente do transporte escolhido (ônibus ou carro), você precisa fazer uma travessia de balsa pelo Canal de Chacao, pois o ferry é o único meio terrestre de acessar a ilha.

1. Chiloé de avião

É possível pegar voos saindo de Santiago até o Aeroporto de Castro em Chiloé. Mas são poucos voos que fazem esse trajeto.

Contudo, outra opção é voar até o Aeroporto de Puerto Montt, cidade mais próxima da ilha e de lá alugar um carro para ir até a Ilha Grande de Chiloé ou ir de ônibus.

2. Chiloé de carro

Achamos o carro a opção mais viável para visitar a ilha.

Devido ao conforto e flexibilidade, ir de carro para Chiloé é a melhor opção para quem já está fazendo uma road trip pelo Sul do Chile.

Aliás, essa foi nossa escolha para conhecer Chiloé. Desse modo, alugamos um carro em Santiago e fomos para o sul conhecer algumas cidade, entre elas a Ilha de Chiloé, Pucón, Puerto Mont e Puerto Varas.

Veja também: Viagem de carro pelo Sul do Chile – dicas, experiência e preços de pedágios.

Ainda mais, apesar de ter transporte público na ilha, ele é bem limitado em termos de horário e destinos. Então, se você for de carro para Chiloé, ele será o seu meio de locomoção, principalmente para conhecer alguns pontos turísticos por conta própria.

Compare aqui os melhores preços para alugar um carro e divida em até 12 vezes no cartão.

Para ir até Chiloé de carro é preciso atravessá-lo pelo Ferry. Assim, o preço para fazer a travessia do carro é 13.000 Pesos Chilenos (novembro de 2019) .

3. Chiloé de ônibus

Para quem não pretende alugar um carro é possível ir para a Ilha Grande de Chiloé de ônibus. Para isso, basta pegá-lo em Puerto Montt com destino a Castro.

Outra opção é pegar o ônibus em Santiago com destino a Chiloé, nesse caso a viagem dura em média 15 horas. Mas para quem vai de ônibus, o valor do ferry já está incluso na passagem.

Travessia de ferry: o trajeto feito de ferry pelo Canal de Chacao é de aproximadamente 20 minutos. Desse modo, o ferry sai de Puerto Coronel e vai até Chacao. Apesar do intervalo entre uma barca e outra ser de apenas alguns minutos, dependendo do dia e horário a espera pode ser um pouco maior. Aliás, em fins de semana ou feriados a espera pela barca pode ser superior a uma hora.

O trajeto do porto do ferry em Chacao até Ancund é de aproximadamente 30 km (em média 30 minutos de carro). Por outro lado, de Chacao até Castro o trajeto é de aproximadamente 110 km (em média 1 hora e 30 minutos de carro).

O que fazer na Ilha de Chiloé

As atrações da Ilha de Chiloé no Chile são muitas. Então, separamos as principais atividades e pontos turísticos para você fazer um roteiro de viagem com muita cultura, diversão e belezas naturais.

1. Tour pelas Igrejas Chilotas

Tenaún – Chiloé

Sem dúvida, esse é um dos passeios imperdíveis de Chiloé, pois as igrejas são elementos importantes para a história da ilha, tanto arquitetonicamente quanto culturalmente.

Chiloé possui mais de 70 igrejas construídas em madeira, sendo que 16 são reconhecidas como Patrimônio Mundial da UNESCO. Desse modo, cada Igreja possui alguma lenda ou história interessante.

Mas como são muitas as igrejas da Ilha de Chiloé, vamos citar apenas aquelas tombadas pela UNESCO e as nossas preferidas.

Igreja de Castro
Igreja de Tenaún
Igreja de Dalcahue

Igrejas da Ilha de Chiloé tombadas pela UNESCO

1. Igreja de Achao (Iglesia Santa Maria de Loreto) 
Localização: Progreso 04, Quinchão, Ilha de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
2.Igreja de Quinchao (Iglesia Nuestra Señora de Gracia)
Localização: Vila de Quinchao, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
3.Igreja de Castro (Iglesia San Francisco de Castro)
Localização: Plaza de Armas, Castro, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
4. Igreja de Rilán (Iglesia  Santa Maria de Rílan)
Localização: W-65, Rilán, Castro, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
5. Igreja de Nercón (Iglesia  Nuestra Señora de Gracia de Nercón)
Localização: Nercón, Castro, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
6. Igreja de Aldachildo (Iglesia Jesus Nazareno de Aldachildo)
Localização: Aldachildo, Puqueldón, Ilha Lemuy, Arquipelágo de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
7. Igreja de Ichuac (Iglesia Natividad de Maria de Ichuac)
Localização: Ichuac, Puqueldón, Ilha Lemuy, Arquipelágo de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
8. Igreja de Detif (Iglesia  Santiago Apóstol de Detif)
Localização: Detif, Puqueldón, Ilha Lemuy, Arquipelágo de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
9. Igreja de Vilupulli (Iglesia San Antonio de Vilupulli)
Localização: Vilupulli, Chonchi, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
10. Igreja de Chonchi (Iglesia  Nuestra Señora del Rosario de Conchi)
Localização: Chonchi, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile.
11. Igreja de Tenaún (Iglesia Nuestra Señora del Patrocinio de Tenaún)
Localização: Tenaún, Dalcahue, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
12. Igreja de Colo (Iglesia San Antonio de Colo)
Localização: Colo, Quenchi, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
13. Igreja de San Juan (Iglesia San Juan Bautista de San Juan)
Localização:  W-235 47, Dalcahue, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
14. Igreja de Dalcahue (Iglesia Nuestra Señora de los Dolores de Dalcahue)
Localização: Manuel Rodríguez 154, Dalcahue, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
15. Igreja de Chellín (Iglesia Nuestra Señora del Rosario de Chelin)
Localização: Castro, Ilha Chelin, Arquipelago de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.
16. Igreja de Caguach (Iglesia Jesus Nazareno de Caguach)
Localização: Quinchão, Ilha Caguach, Arquipélago de Chiloé, Los Lagos, Chile. Ver mais.

Além dessas igrejas tombadas pelo Unesco que formam a “Ruta de las Iglesias”, Chiloé possui muitas outras igrejas fascinantes, dentre elas a Iglesia Capilla Nuestra Señora De La Merced Aucar que fica localizada na Isla de Aucar e certamente vale uma visita.

Veja também: Buscadores gratuitos e dicas para comprar passagens aéreas baratas.

2. Tour pela cidade de Castro em Chiloé

Mesmo que você não fique hospedado em Castro durante sua viagem para Chiloé, reserve um dia para conhecer a cidade, caminhar calmamente por suas ruas, observar as casinhas coloridas em madeira, admirar a vibração da cidade e seu clima pitoresco.

Aliás, se puder pare em algum restaurante local para se deliciar com a culinária da Ilha Grande de Chiloé.

Mas para deixar seu passeio pela cidade ainda mais interessante, separamos algumas atrações para você conhecer em Castro.

Palafitas de Castro

As casas coloridas de madeira, construídas em palafitas sobre as águas são atrativos surpreendentes em Castro. Mas além de um importante elemento cultural para Chiloé, o conjunto colorido de palafitas possui uma beleza única e um charme todo especial.  

Contudo, o melhor é que as palafitas de Castro estão em processo de recuperação. Então muitas das casas que se encontravam degradadas foram recuperadas e hoje funcionam como cafés, restaurantes, hostels, lofts para alugar e outros.

Desse modo, em Castro você pode aproveitar bastante as palafitas e sua vista maravilhosa.

Os dois principais bairros de palafitas de Castro são Palafitos del Barrio Gamboa e Palafitos de Pedro Montt. Então para quem deseja observar o conjunto de Palafitos del Barrio Gamboa e tirar lindas fotos, a Puente Gamboa Mirador é o melhor local para isso. Por outro lado, o conjunto de  Palafitos de Pedro Montt pode ser observado da Panamericana Sur.

Igreja São Francisco de Castro

Igrejas de Chiloé
Igreja de Castro | Foto:  Oscarabs , via Wikimedia Commons.

Já falamos dessa igreja um pouco mais acima, mas como a Igreja São Francisco de Castro fica no centro da cidade vamos falar dela no tour de Castro também.

Assim, a linda Igreja amarela com interior em madeira e verniz é tombada como Patrimônio Mundial pela UNESCO e vale a pena uma visita.

Ainda mais, se você optar por fazer um tour que passa pelas Igrejas de Chiloé com uma agência de turismo, algumas agências acabam pulando a visita na Igreja São Francisco de Castro devido a sua localização de fácil acesso.

Localização: Plaza de Armas, Castro, Ilha de Chiloé, Los Lagos, Chile.

Municipal Museum Castro

O Municipal Museum Castro fica perto da Plaza de Armas. Assim, o local possui em seu acervo objetos e fotografias que preservam e ajudam a entender a história e a cultura dos Chilotas.

Então para quem quer comprender um pouco mais a história da Ilha Grande de Chiloé vale uma visita ao Museu Municipal de Castro.

Localização: Esmeralda 255, Castro, Ilha de Chiloé, Los Lagos, Chile.

3. Tour em Dalcahue

Dalcahue é outra cidade encantadora de Chiloé. Assim, o pequeno vilarejo tem como principais atrativos o Mercado Artesanal e a Igreja Nossa Senhora das Dores de Dalcahue.

Mas além do artesanato, história e cultura, no local você vai encontrar muitos restaurantes com um cardápio cheio de delícias típicas da Ilha Grande de Chiloé.

Feira Artesanal de Dalcahue
Feira Artesanal de Dalcahue
Dalcahue

Feira Artesanal de Dalcahue

A Feira Artesanal de Dalcahue é a feira mais visitada de Chiloé. Assim, no local você vai encontrar muitos artesanatos de lã e madeira, principal matéria prima da ilha.

Na Feira Artesanal de Dalcahue os artesãos não podem vender nenhum produto que não tenha origem de Chiloé. Desse modo, todas os materiais e produtos da feira são produzidos na própria Ilha de Chiloé.

Em Dalcahue você vai encontrar muitas peças de lã, como gorros, luvas, cachecol e ponchos, mas eles vendem também o próprio rolo de lã.

Aliás, esse é um dos melhores lugares para comprar souvenir na ilha, como chaveiros, imãs e muitos outros presentinhos lindos.

Mas caso sua intenção seja fazer comprinhas em Dalcahue, lembre-se de levar Pesos Chilenos. Os artesãos não aceitam cartão de crédito, bem como, nenhuma outra moeda além da moeda oficial do Chile.

Localização: Pedro Montt 105-138, Dalcahue, Ilha de Chiloé, Los Lagos, Chile.

Recomendamos que você leve Pesos Chilenos o suficiente para toda a sua viagem em Chiloé, evitando assim fazer câmbio na ilha. Então para saber mais sobre o assunto, leia o artigo Qual moeda levar e porque não fazer câmbio em Chiloé.

Igreja Nossa Senhora das Dores de Dalcahue

A Igreja Nossa Senhora das Dores de Dalcahue é mais uma das 16 Igrejas Chilotas tombadas pela UNESCO.

Desse modo, a igreja que fica em frente a Plaza de Armas de Dalcahue guarda muitas histórias e mitologias.

Localização: Manuel Rodríguez 154, Dalcahue, Ilha Grande de Chiloé, Los Lagos, Chile.

4. Tour em Ancund

 Ancund - Chiloé
Ancund | Foto:  Paul Lowry , via Wikimedia Commons.

E para quem quer se hospedar em Ancund, vale muito a pena fazer um tour pela cidade, caminhar pelo cais e por suas ruas conhecendo os principais atrativos.

Assim, em Ancund você vai encontrar atrações como o Museu Regional de Ancud, o Museo de las Iglesias de Chiloé e o Fuerte San Antonio.

Museo de las Iglesias de Chiloé

O Museu das Igrejas de Chiloé tem como objetivo mostrar e conservar a cultura e identidade Chilota através das Igrejas, que são elementos de grande importância cultural e histórica da ilha.

Assim, o Museu possui em seu acervo coleções fotográficas, desenhos e peças antigas resgatadas das igrejas restauradas. Aliás, no local ainda tem amostras de modelos das Igrejas em miniatura.

Para quem vai fazer a rota das Igrejas de Chiloé, essa é uma parada na qual recomendamos que você faça antes de começar seu tour. Assim, você terá mais informações a respeito da história e importância das igrejas, e terá uma prévia do que você vai ver em seu passeio.

Localização: Av. Eyzaguirre 3195, Ancund, Ilha de Chiloé, Los Lagos, Chile.

Fuerte San Antonio

O Fuerte San Antonio é um local de grande importância histórica para a Ilha Grande de Chiloé, bem como para o Chile.

Aliás, esse foi o último posto militar da Espanha no Chile, e no local você vai encontrar canhões e as ruínas de uma fortaleza.

Localização: Lord Cochrane 400, Ancund, Ilha de Chiloé, Los Lagos, Chile.

Museu Regional de Ancund

O Museu Regional de Ancund foi inaugurado em 1976 com o objetivo de fortalecer e preservar as identidades das comunidades do Arquipélago de Chiloé.

Desse modo, o acervo do Museu é bem variado com objetos que vão desde peças arqueológicas e têxteis, até o esqueleto de uma baleia azul.

Ainda mais, o Museu conta com exposições que visam a compreensão da cultura na Ilha de Chiloé.

Localização: Libertad 370, Ancund, Ilha de CHiloé, Los Lagos, Chile.

5. Muelle de las Almas

ILHA DE CHILOÉ NO CHILE
Imagem de grebmot por Pixabay

O Muelle de las Almas é um um “píer” de madeira que fica próximo a cidade de Cucao. Desse modo, a escultura de madeira que vem atraindo muitos turistas faz referência a cultura Mapuche.

Assim, o píer foi construído em referencia a lenda de que os “balseiros” responsáveis por levar as almas dos mortos para Pu-Am (local onde as almas eram levadas, segundo a lenda Mapuche), se recusavam a levar algumas. Então, segundo a lenda essas almas viviam vagando pelos penhascos incapazes de encontrar descanso. Suas vozes tristes, às vezes agitavam as ondas batendo nas rochas, chorando de tristeza.

O Muelle de las Almas fica localizado em um penhasco com uma vista surreal, representando toda essa cultura e valorizando ainda mais a beleza da ilha. Desse modo, independente se você acredita ou não na lenda é um lugar incrível para visitar.

Mas para chegar ao Muelle de las Almas não é muito fácil. Assim, você deve ir até Punta Pirulil (o melhor jeito de chegar até Punta Pirulil é de carro ou com agência de viagens), e de lá seguir em uma caminhada de aproximadamente 1 hora, até o píer.

Veja como alugar um carro mais barato.

6. Isla Aucar (Isla de Las Almas Navegantes)

Isla de Las Almas Navegantes
Isla Aucar| Foto:  Nicolás , via Wikimedia Commons.

A Isla Aucar, também conhecida como Isla de Las Almas Navegantes é uma pequena ilha sem habitantes, localizada em Quemchi.

Cercada por águas cristalinas e guardando muitas histórias e lendas, essa ilha foi um dos lugares que mais nos impressionou em nossa viagem para Chiloé.

Assim, a pequena ilha possui muitas belezas naturais com floresta nativa e pequenas trilhas surpreendentes, além de uma Igreja que deixa todo o cenário ainda mais mágico e encantador. Aliás, uma das lendas que cercam a ilha é que ela é o local de descanso para as almas perdidas no mar.

Por fim, o acesso para a Isla Aucar se dá por uma passarela em madeira de aproximadamente 600 metros de comprimento. Assim, no início da ponte é possível avistar e admirar a pequena e misteriosa Isla de Las Almas Navegantes.

7. Ilha Lemuy

 Ilha Lemuy
Ilha Lemuy | Foto:  Lin linao , via Wikimedia Commons.

A Ilha Lemuy é a segunda maior ilha do Arquipélago de Chiloé, sendo que a primeira é a Ilha Grande de Chiloé.

Então, para quem vai ficar mais dias em Chiloé, essa é uma boa opção para um passeio de um dia ou até mesmo para se hospedar, caso queira explorar o local.

Desse modo, a Ilha Lemuy possui paisagens incríveis e abriga 3 das 16 igrejas de Chiloé tombadas como Patrimônio Mundial da UNESCO, sendo elas: a Igreja de Detif, Igreja de Ichuac e Igreja de Aldachildo.

Ainda mais, no local você pode caminhar pelas ruas da cidade de Dafit e apreciar a vista do mirante, ou caminhar pela cidade de Puqueldón. Então, para quem vai visitar a Ilha Lemuy opções de cidades, mirantes e lugares lindos para conhecer não irão faltar.

As melhores opções para conhecer a Ilha Lemuy é alugando um carro ou contratando um passeio com uma agência de viagem. Aliás, ainda é possível pegar balsas 24 horas, saindo de Chonchi (Ilha Grande de Chiloé) para Ilha Lemuy, o preço médio da travessia é 2.000 Pesos Chilenos.

Compare aqui os melhores preços para alugar um carro e divida em até 12 vezes no cartão.

8. Islotes de Punihuil

Islotes de Punihuil em Chiloé
Islotes de Punihuil | Foto:  Bas Wallet , via Wikimedia Commons.

Os Islotes de Punihuil são um conjunto de três pequenas ilhas localizadas na costa noroeste da Ilha Grande de Chiloé, em frente a enseada de pesca de Puñihuil.

Desse modo, o conjunto de ilhas é um dos poucos lugares onde é possível observar a colônia mista de pinguins de Humboldt e Magalhães, além de várias outras aves e lontras marinha.  Aliás, o conjunto de ilhas foi declarado patrimônio natural por ser um lugar importante para a reprodução da colônia mista de pinguins.

Mas para quem quer ver os pinguins, eles chegam aos Islotes de Punihuil em meados de setembro. Assim, para visitar o conjunto de ilhas é necessário contratar passeio com uma agência de turismo (veja aqui detalhes e preço do passeio para Islotes de Punihuil) .

9. Parques e reservas naturais da Ilha Grande de Chiloé

E grande parte da Ilha Grande de Chiloé é composta por extensas áreas verdes de preservação da fauna e flora.

Assim, o local possui muitos parques que também são reservas naturais. Desse modo, esses são os lugares preferidos de quem gosta de fotografar a natureza ou observar a vida selvagem.

Então, separamos os principais parques da Ilha Grande de Chiloé para quem quer explorar a vida selvagem e a natureza do lugar.

Contrate aqui seu seguro viagem para Chiloé com nosso desconto especial de 15%.

Parque Nacional de Chiloé

Parque Nacional de Chiloé
Parque Nacional de Chiloé | Foto:  Manuel Ramos Inostroza , via Wikimedia Commons.

O Parque Nacional de Chiloé fica localizado na parte oeste da Ilha Grande de Chiloé e possui  430 km² de extensão. Assim, o local é um grande exemplo da exuberante fauna e flora da ilha.

Desse modo, no parque você vai encontrar muitas espécies de animais, além de lagos e praia. Contudo, o local ainda possui um Centro de Informação ao turista, onde você pode ter informações, tirar dúvidas e ter acesso a um mapa do parque.

A entrada para o Parque Nacional de Chiloé é paga e devido a sua extensão, nem todo o parque está liberado para visitação. Mas o local ainda possui uma área de camping, caso o visitante queira permanecer alguns dias no parque para explorar ou observar os animais.

Parque Tantauco

Parque Tantauco
Parque Tantauco | Foto:  Nicolás , via Wikimedia Commons.

O Parque Tantauco fica localizado ao sul da Ilha Grande de Chiloé, na parte mais próxima da Patagônia Chilena.

Desse modo, o parque é mais um grande exemplo da preservação da fauna e flora de Chiloé, com muitos lugares lindos e a possibilidade de observar diversos animais, além de ser um exelente lugar para fotografar a natureza.

Com boa infraestrutura, o parque é uma ótima opção para quem deseja ter um contato mais profundo com a natureza em Chiloé.

Caso queira uma experiência ainda mais intensa, você tem a opção de se hospedar no local. Desse modo, o parque conta com domos, chalés e locais para acampar. Mas o parque também possui muitas trilhas para os amantes de trekking, além de áreas para pequeniques e mirantes.

A entrada no Parque Tantauco é paga. Os valores da entrada, bem como, os valores da hospedagem e mais informações sobre as atividades, passeios e infraestrutura do parque podem ser conferidos em seu site.

Ecological Park and Chiloé Mitológico

Mais uma área de preservação da fauna e flora de Chiloé, o Ecological Park and Chiloe Mitológico fica localizado a 45 km ao sul de Castro em uma área de 20.000 hectáres.

Desse modo, o parque possui paisagens deslumbrantes com matas densas e uma variedades de animais selvagens, lagos e praias.

Assim como nos demais parques, também é possível se hospedar no Ecological Park and Chiloé Mitológico. Desse modo, o local oferece várias atividades como passeios de barco e trilhas. Para mais informações, acesse o site do parque.

Parque Alto Muro Aventura

O Parque Alto Muro Aventura fica localizado a 11 km do Centro de Castro. Desse modo, o parque é mais voltado para um dia de lazer e diversão entre amigos ou família, e menos voltado para uma exploração aventureira da fauna e flora, apesar delas estarem presentes em sua infraestrutura.

Ainda mais, o local possui uma boa infraestrutura e muitas atividades de lazer como cavalgada, arborismo, escalada para crianças, passeio de caiaque e outros.

Para quem vai viajar em família, sem dúvida, essa é uma ótima opção de lazer na Ilha Grande de Chiloé. Então, para mais informações acesse o site do parque.

10. Passeios imperdíveis na Ilha de Chiloé

Em uma ilha tão cheia de atrativos, não faltam opções de passeios para fazer. Então como Chiloé é uma ilha muito grande e com muitos lugares incríveis para conhecer, o melhor jeito de explorá-la será contratando passeios com agências de turismo, principalmente se sua viagem para o arquipélago durar poucos dias.

Assim, separamos alguns dos principais passeios. Mas vale lembrar que o nome dos passeios podem variar de uma agência para outra. Então sempre confira seu roteiro e o que está incluso nele.

Ainda mais, para qualquer passeio lembre-se de ir com roupas adequadas para enfrentar o frio e o vento de Chiloé. E não se esqueça de levar água e algum lanche, pois alguns passeios mais natureza não param em nenhum lugar para comer. Aliás, em algumas cidades Chilotas não é comum achar lugares para comprar lanches.

Tour para Puñihuil

Tour para Puñihuil em Chiloé
Pinguins na Ilhas de Puñihuil | Foto:  MarcelaPazF , via Wikimedia Commons.

O Tour para Puñihuil é o famoso passeio para ver a colônia mista de pinguins de Humboldt e Magalhães, sendo um passeio imperdível da ilha. Desse modo, além de apreciar as paisagens deslumbrantes das Ilhas de Puñihuil, você pode observar os pinguins, aves e lontras marinhas.

Algumas agências oferecem junto com o passeio para Puñihuil, uma visita a Pumillahue, um lugar pouco visitado que possui paisagens lindas. Então, nossa dica é que se você tiver a opção de passar em Pumillahue em seu tour para ver os pinguins, escolha essa opção.

O passeio para ver os pinguins dura em média 30 minutos e não ocorre durante todo o ano. Desse modo, somente é possível ver os pinguins quando eles migram para as Ilhas de Puñihuil para acasalarem, e isso acontece em meados de setembro à março.

Ainda mais, o passeio pode ser cancelado, pois depende das condições climáticas.

Tour pelas belezas históricas e naturais da costa de Chiloé

 Cataratas Tocoihue  em Chiloé
Cataratas Tocoihue em Chiloé

Esse passeio permite conhecer várias cidades costeiras da Ilha Grande de Chiloé. Então para quem vai ficar poucos dias no local, essa é uma das melhores opções de passeio para conhecer alguns dos principais atrativos da ilha.

O passeio é uma imersão na cultura e na história de Chiloé, os guias que vão contando as histórias e lendas de cada cidade e ponto turístico fazem toda a diferença no passeio. Assim, o tour normalmente passa por Dalcahue, San Juan, Cataratas Tocoihue, Tenaun, Colo e Ilha Aucar. Porém, o roteiro pode ter pequenos ajustes a depender da agência escolhida.

Nesse passeio, você ainda vai conhecer algumas das igrejas tombadas com Patrimônio Mundial, a feira de Dalcahue e muitos outros lugares lindos da ilha.

Algumas agências oferecem a opção de almoço típico, onde você pode escolher entre o curanto ou cordeiro no pau. Nesse almoço, você ainda pode ver todo o processo de preparo do curanto.

Em nossa viagem, fizemos esse passeio com a opção de almoço típico. Assim, ver o curanto sendo preparado e poder provar o prato mais típico da ilha feito da maneira mais tradicional foi uma experiência única.

Esse passeio acontece durante todo o ano e dura o dia inteiro.

Tour Isla Lemuy

Já falamos da Isla Lemuy e de suas belezas naturais. Então para quem quer desvendar todas as maravilhas dessa ilha é possível contratar o passeio com uma agência de viagem.

Assim, o Tour Isla Lemuy geralmente faz uma pequena parada em Chonchi, antes de ir para a ilha.

Mas nesse passeio você ainda vai conhecer algumas das igrejas tombadas como Patrimônio Mundial que ficam na Ilha Lemuy, além de conhecer as principais cidades e pontos turísticos da mesma como Ichuac, Puqueldon, Parque Yayanes, Aldachildo e Detif.

Esse passeio dura o dia todo e pode ser feito em qualquer época do ano.

Tour navegacion

Isla Grand de Chiloé
Chiloé | Foto:  Matiascazenave , via Wikimedia Commons.

O Tour Navegacion explora a Ilha de Chiloé de um jeito diferente, pelo mar.

Desse modo, dependendo da agência as embarcações vão até o alto mar para observação da vida marinha, como as baleias. Mas algumas agências exploram ilhas mais distantes da Ilha Grande de Chiloé, as quais você dificilmente chegaria por conta própria.

Assim, esse tour é uma das melhores formas de ver Chiloé de outros ângulos, e claro apreciar as lindas paisagens naturais da ilha. O passeio normalmente é feito no período de novembro à março, devido as condições climáticas. Mas ele dura o dia inteiro.

Além dos passeios citados, na qual consideramos imperdíveis, você encontrará muitas outras opções de tours nas agências de turismo como o Treking para Muelle de Las Almas, Tour de observação das aves, Treking no Parque Tantauco e Treking no Parque Ahuenco, Tour para Ilha Quinchao.

Por fim, muitos outros passeios que não foram citados nessa lista de imperdíveis também são tours incríveis que devem ser feitos na ilha. Apenas deixamos eles de fora da lista, porque muitos podem ser feitos por conta própria.

Onde ficar na Ilha Grande de Chiloé

Sem dúvida, escolher em qual região se hospedar é sempre uma tarefa difícil para qualquer viagem, mesmo que esse lugar seja uma ilha.

Mas na Ilha Grande de Chiloé, as duas principais cidades para ficar em são Castro e Ancund.

Castro em Chiloé

Em primeiro lugar, Castro é a maior cidade da Ilha Grande de Chiloé. Aliás, é em Castro que você vai encontrar a maior oferta de hotéis, pousadas e hostels. 

Ainda mais, em Castro fica o famoso conjunto de Palafitas de Chiloé, sendo que algumas das palafitas hoje funcionam como restaurantes ou hospedagem. Então caso você queira uma experiência ainda mais autêntica na ilha, poderá se hospedar em algumas das palafitas de Castro ou almoçar em um dos restaurantes que funcionam no local.

Aliás, em Castro também fica grande parte das agências que fazem passeios turísticos, sendo que a cidade ainda conta com uma casa de câmbio. 

Então veja o melhores hotéis e hostels em Castro:

Confira outras opções de hospedagens em Castro.

Ancund em Chiloé

Na Ilha Grande de Chiloé, Ancund é a segunda maior cidade e fica a apenas 30 minutos de Chacao (local onde chega o ferry).

Aliás, essa é a melhor opção para quem vai à Chiloé fazer o passeio para ver pinguins e a tour no alto mar, pois esses passeios saem somente de Ancund.

Veja os melhores hotéis e hostels em Ancund.

Veja aqui mais opções de hospedagens em Ancund.

Apesar de Ancund e Castro serem as principais cidades da ilha, outras cidades como Dalcahue e Quemchi, também são ótimas opções para se hospedar.

Confira outras opções de hospedagens na Ilha de Chiloé.

Ainda mais, para quem está procurando sossego e tranquilidade, em Chiloé você vai encontrar muitas cabanas afastadas das cidades, como a Cabañas de Petra localizada na Ilha de Achao.

Onde comer na Ilha Grande de Chiloé

Curanto de Chiloé
Curanto de Chiloé

Como já falamos, a culinária típica é um dos atrativos mais fascinantes de Chiloé. Então, se você está de viagem marcada para a ilha, não pode deixar de provar suas iguarias típicas, principalmente o curanto e chapalele.

O curanto em seu preparo tradicional, assado em um buraco na terra não é servido em todos os restaurantes da ilha. Desse modo, em alguns restaurantes o alimento é assado em um forno normal. Contudo, em outros restaurantes o prato é feito do jeito tradicional, sendo possível acompanhar todo o seu processo de preparo.

Então para saber tudo sobre o curanto, sua história e processo de preparação, leia também Curanto: o prato mais típico de Chiloé.

Mas se você deseja conhecer um pouco mais sobre as comidas típicas de Chiloé, recomendamos que leia este artigo do 360 Meridianos.

Agroturismo San Antonio de Colo

Em nossa viagem, tivemos o prazer de provar o curanto no restaurante da pousada Agroturismo San Antonio de Colo que fica em frente a Iglesia de Colo, em Quemchi.

Assim, nesse restaurante foi possível ver todo o processo de preparo do prato típico. Aliás, no restaurante ainda é servido o Cordeiro no Pau, para quem não quer se aventurar no curanto.

O cordeiro assado no pau é outro prato bem comum em Chiloé e nesse restaurante também é possível acompanhar o cordeiro sendo assado. Mas para almoçar nele é necessário fazer reserva.

Localização: Quemchi, Los Lagos, Ilha Grande de Chiloé, Chile.

Telefone:  +56 9996217996

Cocineria Dalcahue

O Cocineria Dalcahue é outro restaurante onde é possível provar várias comidas típicas de Chiloé, como o curanto, chapalele, cazuelas e comidas mais comuns como empanadas, assados e outros pratos .

Esse restaurante fica ao lado da Feira Artesanal de Dalcahue, assim é uma ótima opção para quem vai visitar a cidade.

Localização: Pedro Montt 105-138, Dalcahue, Los Lagos, Ilha Grande de Chiloé, Chile.

Telefone:  +56 65 264 1594.

Shopping Mall Paseo Chiloé

Em Castro optamos por fast food e empanadas no Shopping Mall Paseo Chiloé, então vamos ficar devendo a indicação de restaurante na cidade. Contudo, para quem deseja uma comida rápida, o Mall Paseo é uma ótima opção.

Além dos restaurantes em Castro, você vai encontrar muita comida de rua, principalmente as tradicionais chapalele e empanadas.

O que levar para Ilha de Chiloé

E se você está arrumando as malas para conhecer a mística Ilha de Chiloé, vamos te dar algumas dicas das coisas que não podem faltar em sua mala. Então, aconselhamos que leve tudo que vamos falar.

Como já falamos, o clima na ilha é bem instável e a temperatura pode ser bem baixa, além de ventar muito. Então, alguns acessórios são essenciais para uma estadia confortável na ilha.

Em primeiro lugar, leve uma jaqueta corta vento. A ilha venta muito em qualquer  época do ano. Então, se você está pensando em fazer o passeio para ver os pinguins, passeio em alto mar, trekking nos parques, rota das igrejas e outros passeios, a jaqueta corta vento é indispensável.

Outra item essencial para sua viagem é um tênis/bota especial para chuva. O clima na ilha pode ir de sol para chuva em minutos, então esteja preparado. Assim, opte por levar sapatos próprios para o clima chuvoso. E não se esqueça de levar muitas meias bem quentinhas.

Devido ao vento forte, o protetor de ouvido é um acessório que vai te deixar bem mais confortável em Chiloé, mesmo no verão. Outros acessórios indispensáveis para seu conforto na ilha são as luvas, gorros e cachecol/golas.

E se você gosta de observar animais, um acessório que pode deixar sua viagem ainda mais interessante são os binóculos. Então, se você é um amante da natureza e quer observar mais de perto os animais selvagens da ilha, leve um binóculo.

Ainda mais, não deixe de levar suéteres e calças bem quentinhas. Por fim, o protetor solar não pode faltar em nenhuma viagem.

Lista do que levar para Chiloé

  • Jaqueta corta vento
  • Tênis/bota especial para chuva
  • Meias
  • Protetor de ouvido
  • Luvas e gorros
  • Cachecol/gola
  • Suéteres e calças
  • Protetor solar
  • Binóculos (para quem vai observar animais silvestres)

*Salve no Pinterest para ler depois

ILHA DE CHILOÉ NO CHILE

Para ler em seguida: