Se você está planejando o seu roteiro de viagem para Buenos Aires, o Mercado de San Telmo é um ponto turístico incrível para conhecer. Ele é aquele passeio clássico para quem visita o tradicional Bairro San Telmo. A atração é um lugar único, perfeito para imergir na cultura local, fazer compras e provar deliciosos pratos.

Veja tambémO que fazer em Buenos Aires – guia de viagem completo.

Sobre o Mercado de San Telmo

O Mercado de San Telmo fica localizado em San Telmo, um dos bairros mais antigos e tradicionais de Buenos Aires. Assim, o mercado, que foi inaugurado em fevereiro de 1897, tinha como objetivo abastecer os imigrantes. Mas com o passar dos anos, ele foi remodelando sua função, até se tornar um polo do comércio local que preserva a cultura e as tradições dos moradores.

Apesar das mudanças em sua função, o belo edifício manteve suas características originais preservadas. Assim, devido a sua grande importância e valor histórico, em 2000, o mercado foi declarado Monumento Histórico Nacional pela Secretaria de Cultura do Governo da Cidade de Buenos Aires.

Hoje, além de ser um importante ponto turístico, o Mercado é muito frequentado pelos moradores de Buenos Aires, principalmente do próprio bairro. É no mercado que os trabalhadores se encontram no final do expediente para tomar uma pinta (a tradicional cerveja). Mas os moradores também vão comprar seus temperos, fazer a feira ou apenas comer e passear.

Assim, o mercado abriga lojas de antiguidades, artesanatos, verduras, couro, bebidas e doces. Ainda mais, no ponto turístico você vai encontrar alguns cafés incríveis, como o Coffee Town, e alguns restaurantes bem tradicionais de San Telmo, como o Restaurante De Lucía, onde é possível observar o preparo da sua comida.

Como chegar no Mercado

Como chegar no Mercado
Mercado de San Telmo

Para quem vai se hospedar em San Telmo, Centro de Buenos Aires ou Puerto Madero, a melhor forma de chegar no Mercado de San Telmo é caminhando. A caminhada é bem agradável e você ainda pode observar a bela arquitetura e as lindas ruas da cidade.

Ainda mais, é possível chegar ao bairro San Telmo, onde fica o mercado, com o transporte público de Buenos Aires, qualquer uma das opções: ônibus ou metrô. Para quem quer pegar o metrô, apesar de não ter nenhuma estação em San Telmo, você vai encontrar estação em Montserrat, que fica do ladinho do bairro.

Para ver a melhor opção de transporte de acordo com a sua localização, acesse o Mapa Interativo de Buenos Aires. Mas para utilizar o transporte público é necessário ter o Cartão Sube (que você pode comprar nas estações de metrô por 90 Pesos Argentinos). A passagem custa entre 19 e 40 Pesos Argentinos.

Contudo, você também pode chegar ao Mercado de Uber ou táxi. O nosso meio preferido, entre essas duas opções, é o Uber.

Dicas para aproveitar o Mercado de San Telmo

Mercado de San Telmo
Mercado de San Telmo

Para a sua visita ao Mercado de San Telmo ser ainda mais incrível, separamos algumas diquinhas imperdíveis:

  • Se puder, evite ir ao Mercado no domingo, principalmente se você não gosta de lugares cheios ou quer comer no local.

No domingo acontece a Feira de San Telmo, por isso, o bairro e seus pontos turísticos ficam completamente cheio de turistas. Consequentemente os restaurantes ficam muito cheios, o que acaba gerando uma demora no atendimento ou você pode não encontrar mesas para sentar. Aliás, também notamos que durante a semana os restaurantes do mercado, como também de todo o bairro, costumam fazer boas promoções.

  • Evite conhecer o Mercado às segundas-feiras. Apesar dele ficar aberto todos os dias da semana, muitas lojas e restaurantes ficam fechados nas segundas.
  • Para quem gosta de experimentar a culinária local, o mercado é um ótimo lugar para se deliciar com alguns pratos típicos da Argentina, como empanadas, choripan, sanduíche de bandiola e parrila.
  • Combine a sua visita ao Mercado com outras atrações de San Telmo, principalmente se você vai ficar poucos dias na cidade. Desse modo, no bairro você pode conhecer a Estátua da Mafalda, Museu Histórico Nacional da Argentina, Plaza Dorrego, Parque Lezana, Museu da Arte Moderna de Buenos Aires, entre outros.

*Salve no Pinterest para ler depois

Mercado de San Telmo

Dicas imperdíveis para curtir Buenos Aires