• Junín 1760, C1113 (ver mapa)
  • 08 hrs às 17hrs
  • AR$ 1.400

O Cemitério da Recoleta fica ao lado da Basílica Nuestra Señora del Pilar e próximo de outras atrações, no charmoso e encantador bairro Recoleta. Desse modo, ele é uma das principais atrações turísticas de Buenos Aires. A princípio, pode até soar estranho que um cemitério seja atração turística, mas o Cemitério da Recoleta é um dos pontos turísticos de Buenos Aires mais visitados.

Assim, caminhar entre as sepulturas admirando a beleza e grandiosidade do local é uma parada obrigatória para a maioria dos turistas que visitam a cidade. E para você curtir ainda mais a sua viagem, veja o que fazer em Buenos Aires

Veja também: 10 motivos para visitar Buenos Aires.

Sobre o Cemitério da Recoleta

Cemitério da Recoleta em Buenos Aires
Entrada do Cemitério da Recoleta

O Cemitério da Recoleta tem grande valor arquitetônico e suas sepulturas são verdadeiras obras de arte, com grandiosas abóbadas e muitos ornamentos. Desse modo, a atração turística conta com mais de 90 sepulturas que foram declaradas Monumento Histórico Nacional.

O local, inaugurado em 1822, se assemelha mais a uma cidade com moradias luxuosas (e alguns caixões expostos), do que com um cemitério. Mas, além de seu valor artístico, o Cemitério é famoso por abrigar os túmulos de importantes figuras da Argentina.

Contrate aqui seu seguro viagem para Buenos Aires com nosso desconto especial de 15%.

Desse modo, o túmulo mais popular no local é o de Eva Perón, uma importante e famosa figura na história da Argentina. Aliás, ela foi uma pessoa tão importante para o país que tem até um museu em sua homenagem, o Museu Evita.

Contudo, no Cemitério da Recoleta também estão enterradas outras figuras importantes para a história do país, como líderes políticos, presidentes da nação, escritores, ganhadores do Nobel e atletas.

O ponto turístico fica aberto para visitação de segunda a domingo e a entrada custa 1.400 Pesos Argentinos (até março de 2022, a entrada era gratuita). Mas fique atento ao horário de funcionamento, que é de 8hrs até às 17hrs. Em certas épocas do ano, o horário de funcionamento pode mudar.

Visita ao Cemitério da Recoleta

Além da sua beleza arquitetônica, o Cemitério possui muitas histórias e curiosidades guardadas em suas sepulturas. Desse modo, a atração turística também é cercada de histórias e lendas bem interessantes. O túmulo que mais nos chamou a atenção foi o de Liliana Crociati de Szaszak, onde tem a estátua em tamanho real de Liliana, acompanhada de seu cachorro Sabú. 

Liliana era uma jovem de 26 anos que foi passar a lua de mel na Áustria, em 1970. Contudo, durante a noite, o seu quarto de hotel foi atingido por uma avalanche, na qual ela não sobreviveu. Em sua homenagem, a mãe de Liliana projetou um túmulo em estilo gótico. Ahh, segundo uma lenda, acariciar a cabeça do Sabú traz sorte.

Outro túmulo que também chama bastante a atenção pela sua história é o de Rufina Cambaceres. Rufina caiu morta no meio da rua em 1903, pelo menos foi o que os médicos atestaram para a família. Acreditando nos médicos, a família enterrou Rufina. Mas coisas estranhas aconteceram em seu mausoléu e funcionários do cemitério resolveram abrir o caixão, quando notaram que seu corpo estava fora do lugar e o caixão cheio de marcas de unhas.

Encontre aqui os melhores hotéis em Buenos Aires.

Como chegar no Cemitério da Recoleta

É possível chegar no Cemitério de Recoleta utilizando transporte público, ônibus ou metrô. Ambas as opções são ótimas. Os ônibus passam nas avenidas bem próximas ao local e você também vai encontrar estação de metro perto do cemitério.

Para utilizar o transporte público é necessário ter o cartão Sube, que você pode adquirir nas estações de metro, ele custa 90 Pesos Argentinos. E a passagem é bem baratinha, ela varia entre 20 e 29 Pesos Argentinos.

Se você está hospedado em Recoleta, pode optar por ir caminhando. O bairro é bem tranquilo para uma caminhada, pois você vai encontrar muitas praças e outros pontos turísticos pelo caminho. Ficamos hospedadas alguns dias em Recoleta e conhecemos todos os seus pontos turísticos a pé.

Para ver a melhor opção de transporte conforme a sua localização, acesse o Mapa Interativo de Buenos Aires. Mas se você prefere ir de bicicleta, consulte o app EcoBici de Buenos Aires. A cidade tem muitas estações, onde você pode pegar ou deixar a bicicleta.

Contudo, você também pode chegar no Cemitério da Recoleta em Buenos Aires de Uber ou táxi. O nosso meio preferido, entre essas duas opções, ainda é o Uber.

Dicas para o seu passeio

Cemitério da Recoleta
Cemitério da Recoleta

Um tour pelo bairro Recoleta, sem dúvida, é um dos melhores passeios em Buenos Aires. No bairro, você vai encontrar outros pontos turísticos de Buenos Aires imperdíveis, além de restaurantes, cafés (veja os melhores cafés de Buenos Aires) e muito mais.

*Salve no Pinterest para ler depois

Cemitério da Recoleta

Buenos Aires bairro a bairro: Confira as melhores dicas de passeios, pontos turísticos, restaurantes e hotéis em cada um dos principais bairros de Buenos Aires

Dicas importantes para planejar sua viagem para Buenos Aires

Pontos turísticos, passeios e experiências imperdíveis em Buenos Aires